Quinta, 21 de Novembro de 2019

NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE A FEBRE AMARELA.

A Prefeitura Municipal de Sete Barras através da Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Epidemiológica vem prestar esclarecimentos sobre a “Febre Amarela” no município.

Aproximadamente 70% da população Setebarrense já recebeu a vacina contra a Febre Amarela em 2018, segundo o ultimo censo do IBGE, ainda faltam 4 mil pessoas a serem vacinadas.

No dia 15 de janeiro, a equipe Municipal de Saúde participou de uma reunião na DRS de Registro, onde estavam presentes autoridades da SES (Secretaria de Estado da Saúde), entre elas a diretora de imunização do Estado de São Paulo Dra. Helena Sato, a médica chefe do Setor de Infectologia do H.C (Hospital das Clínicas), equipe do DRS de Registro, gestores, representantes da Vigilância Epidemiológica de 15 municípios do Vale do Ribeira, abordando e discutindo as ações estratégicas para melhorar a cobertura vacinal na região, que havia atingido apenas 66% da população em todo o Vale do Ribeira.

Diante desta situação, a Secretaria Municipal de Saúde de Sete Barras através desta nota convoca toda a população que ainda não tomou a vacina, que procure urgente um Posto de Atendimento a Saúde e vacine-se.

Quem tomou a dose fracionada em 2018 está protegido por 8 anos, ou seja até 2026 e quem tomou a vacina uma vez na vida não precisa mais. Este ano a dose é de 0,5 ml (plena).

Estudos mostram que a maioria da população ainda não vacinada é de homens em idade produtiva, estavam trabalhando nos horários de funcionamento dos postos de saúde ou não se encontravam em casa quando as equipes de saúde rurais foram até as suas casas.

Pensando nisso, desde o dia 16 de Janeiro a UBS NOVA está vacinando de segunda à sexta das 8h às 22 h e aos sábados e domingos das 8h às 17h. A ESF RURAL em frente à Escola Maria Santana está atendendo de segunda à sexta das 8h às 17h e equipes itinerantes estão realizando a vacinação casa a casa nos bairros rurais.

A Secretaria Municipal de Saúde conta com o apoio de toda a população, proprietários rurais, comerciantes, dirigentes de Igrejas e presidentes de Associações de Bairros que orientem seus amigos e funcionários para tomarem a vacina, sensibilizando as pessoas sobre a importância da vacinação, pois o vírus da FEBRE AMARELA já está em nossa região e a DOENÇA MATA.